Railay Beach – um paraíso dentre as praias tailandesas

Railay Beach Tailandia  4.JPG

Cof cof cof! Vamos tirar a poeira daqui, né? E nada melhor nessa época do ano que visitar as belas praias tailandesas….

Saindo do Vietnã, compramos passagens pela excelente Thai Airways, fizemos conexão no aeroporto BKK e seguimos pra Krabi, um dos aeroportos que nos daria fácil acesso ao nosso destino (outra opção seria Phuket.

Enquanto aguardávamos a conexão, aproveitamos para trocar um pouco de dólar por Baht. Já adianto que a variação cambial do aeroporto, das ilhas e das principais cidades é ridiculamente pequena e é muito fácil encontrar locais para trocar moeda, então não precisa se preocupar muito com isso. Nós trocamos no aeroporto para já termos dinheiro para pagar o traslado entre o aeroporto e Railay Beach.

Aliás, esse traslado já foi hilário. Chegamos no aeroporto e vimos que, apesar de Railay Beach fazer parte do continente tailandês, o acesso se dá via barco. Compramos um bilhete combinado de ônibus local até Ao Nang + long tail para já chegarmos vivenciando tudo ao estilo tailandês (e também porque era opção mais barata!)

Railay Beach Tailandia  porto.JPG
Porto de Ao Nang

Depois de uns 30 minutos em um ônibus, chegamos no “porto” e fomos direcionados ao nosso pier. Tá vendo ele ali na foto? Nem eu! rsrsrs O “pier” era simplesmente o mar e tivemos que caminhar carregando nossas próprias malas. Por isso, é bom já chegar de shorts e chinelo!

railay-beach-tailandia-pierw
Pier do porto de Ao Nang e as pessoas carregando suas malas por uns 100m!

Nessa hora dei graças a Deus que minha mala pesava apenas 14 kgs e a do Pedro apenas 10kgs (e, claro, trocamos de mala pra ir até o barco). Passado esse “susto”, andamos uns 20 minutos de long tail com vistas paradisíacas (juro, se não tivesse feito nenhum outro passeio, esse trecho já teria valido toda a viagem!) e chegamos a Railay Beach.

railay-beach-tailandia
Long Tail voltando para o porto de Ao Nang

Novo inconveniente de ter que carregar a mala até a areia e, então, atravessar a pequena ilha puxando a mala de rodinhas por areia e estradinhas de chão. Ao contrário do que encontraríamos aqui no Brasil, não tem locais esperando os barcos chegarem para carregar as malas dos turistas e ganhar uma gorjeta.

Depois descobri que meu hotel fornecia uma espécie de traslado por metade do caminho, era a parte mais fácil, que já tinha calçamento mas de qualquer forma, teria economizado uns 20 minutos de caminhada. Na volta usamos essa opção.

Foi  nessa parte da viagem que tomei a decisão de comprar um mochilão para as próximas viagens. Sério! E se tava difícil pra mim, vocês tinham que ver as chinesas que tinham 2-3 malas cada…. E antes que perguntem se tem outra opção, tem sim… um ferry que sai de Ao Nang (pra ele tem pier de madeira), mas chegando em Railay Beach passa pra um barquinho menor e desce na água também e precisa arrastar a mala pela areia.

Por favor não desanimem por esse motivo, continuem lendo que vocês verão que cada “perrengue” vale muuuuuito a pena quando se trata de praias paradisíacas!

railay-beach-tailandia-3
Viu só como é lindo demais? Vale a pena!

A ilha é bem pequena e, apesar de ter lido relatos sobre ter um lado muito barulhento, fomos em alta temporada (entre novembro e março – época “seca”) e não vimos diferença entre os lados. Escolhemos o hotel Railay Great View e ficamos encantados com ele. Bangalôs privativos, piscina deliciosa com uma vista super legal e um café da manhã maravilhoso.

railay-beach-tailandia-hotel-railay-great-view-3
Vista da varanda do quarto… tem como não acordar sorrindo? ***todas as fotos retiradas do site do próprio Railay Great View Hotel, mas elas correspondem perfeitamente à realidade.

O “centrinho” da ilha tem várias opções de restaurantes, desde comida local até comida italiana e americana. Tem alguns bares com música ao vivo e sempre tem algo pra fazer a noite, mas não é uma praia pra quem quer muita balada, pra isso tem várias outras opções.

Acabo recomendando essa ilha mais para quem quer curtir natureza, calma, tranquilidade, sem perder a qualidade de hotéis, bares e restaurantes. Lá o bom mesmo é  escolher um restaurante com vista pro mar e se esbaldar na comida tailandesa que tem um sabor incrível.

O único cuidado recomendado em todas as ilhas/praias é que tomem cuidado com gelo e água não mineral. Pelo fato de usarem água dessalinizada e não estarem acostumados com isso, muitos turistas sentem um certo desconforto gastrointestinal. Claro que passamos por isso e, desde então, advertimos muito nossos amigos desses riscos e ninguém mais passou mal… rsrsrs

Durante o dia tem várias opções de lazer. Alugar caiaque, fazer escalada, conhecer cavernas, relaxar nas praias (a do norte é a melhor!), snorkel e fazer passeios de long tail ou speed boat.

passeio-4-ilhas-railay-beach

Um dos passeios que fizemos é o chamado “4 ilhas” com um speed boats, mas, sinceramente, qualquer um que você fizer vai ser maravilhoso. Apenas tente incluir a Hong Lagoon/Island que essa da foto aqui debaixo. Simplesmente maravilhosa!

passeio-4-ilhas-railay-beach-4

passeio-4-ilhas-railay-beach-2

As opções são inúmeras, incluindo algumas que levam até Ko Phi Phi (e sua praia mais famosa – Maya Bay), mas preferimos fazer as mais perto e tranquilas e aproveitar para relaxar depois de tantos dias de viagem.

railay-beach-tailandia-9

Os passeios podem ser contratados diretamente nas agências nas ruelas de Railay Beach ou nos hotéis, não tendo diferença de preços. Se for de long tail privativo é sempre bom conferir os horários padrões de passeios e sair 1 ou 2 horas antes, para chegar antes do tumulto e curtir ainda mais as belezas naturais.

railay-beach-tailandia-8

Nos organizamos para ficar 5 dias em Railay, chegando no final do primeiro e indo embora na manhã do último dia (então, 4 dias inteiros) e esse tempo foi suficiente para conhecer as praias mais próximas e também descansar bastante.

Outra coisa bacana das praias tailandesas é que dá pra mandar as roupas pra lavar com muita facilidade, qualidade e ótimos preços (acho que 1kg de roupa = US$1,00 ou US$0,50!). Nós aproveitamos dessa facilidade, pois a viagem foi longa.

Alguma dúvida ou curiosidade sobre Railay Beach? Deixe nos comentários ou me mande um e-mail que eu respondo o mais rápido possível!

Anúncios

4 comentários sobre “Railay Beach – um paraíso dentre as praias tailandesas

  1. Ilhas maravilhosas!!! Comidas sensacionais!!! E a água… nadar é surreal, mas tomar pode trazer uma consequência calamitosa!!! Kkkkk

    Brincadeiras à parte, o lugar é mágico e o hotel vale muito a pena!!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amei Railay! Mais que Koh Phi Phi!
    Phi phi achei muito agitado, já Railay bem sossegado, sem muito agito 🙂
    Uma dúvida técnica: notei que a cotação das notas de 100 dólares valem mais do que as notas de 50 e 20 dólares. Vc sabe me dizer se isso tbm ocorre no Vietnã, Laos e Singapura? Sei que a diferença pode parecer mínima, mas caso eu vá trocar muitas notas, a diferença pode ser significativa.
    Nossa esse lance da água não me atentei….em Railay foi tranquilo, mas quando chegamos em Phi Phi foi uma tal de diarreia, que perdemos um dia inteiro lá 😩
    Aproveitei esse dia morto, pra fazer muitas thai massagens 😁

    Curtido por 1 pessoa

    1. Concordo com vc! Phi phi pra mim valeu mais pelo passeio de Maya Bay, mas isso é tópico do próximo post…. rsrsrsrs

      Então, sinceramente não me lembro dessa diferença de cotação por tipo de nota não. Eu só vi isso explicitamente em Bariloche, mas na época da Kirchner em que tinha a restrição monetária, não sei como está hoje. No Sudeste Asiático não me falaram nada a respeito quando eu chegava pra trocar…. Eu ia trocando de 50 em 50 porque não tinha noção de quanto ia precisar em cada lugar. Não conheci o Laos e Singapura.

      Nada como poder fazer massagens a vontade no Sudeste Asiático ne? Oh saudade! rssrsrs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s